Música

Sobre músicas que deixam o coração apertadinho e a cabeça transbordando


E que, por mais que pareçam piorar a bad, na verdade a tornam mais suportável. Lutar contra sentimentos tristes só o condiciona a ficar ainda mais tempo dentro de ti, então chorar e se sentir no fundo do poço normalmente é o primeiro passo pra fazer a dor ser sentida e poder ir embora.
Livros

Livros bacanas pra ler nesse Setembro Amarelo


Eu tô numa fase bem ruim quando se trata de leituras. Comecei a ler O Casal Que Mora ao Lado porque ganhei o livro num sorteio e, bom, tô empacada nele há quase dois meses. O livro não parece que vai ter um final espetacular, mas certamente não é ruim, o problema sou eu mesma. Tô tendo dificuldade pra parar e ler, sem pensar em outras coisas, sabe? :/

Mas, pra não deixar esse mês passar sem indicar nada relacionado a livros, deixo aqui uma singela lista dos livros que já me ajudaram e com certeza podem ajudar alguém que esteja passando por momentos ruins, o que faz sentido nesse mês de conscientização.

As Vantagens de Ser Invisível
❤ Por Lugares Incríveis
❤ Juntando os Pedaços
❤ A Lista Negra
❤ Extraordinário
❤ Os 13 Porquês

As Vantagens de Ser Invisível foi o último dessa lista que eu li, então é o que tá mais fresquinho na memória. E o que dizer dele: tão incrível quanto ao filme, porém curti mais o filme. Por Lugares Incríveis e Juntando os Pedaços são livros de uma mesma autora chamada Jenniver Niven, a qual eu morro de vontade de abraçar e agradecer por existir. A Lista Negra foi o livro mais doloroso que eu já li, e o único que eu nunca consegui resenhar (na época que eu resenhava livros), de tão difícil que foi digerir essa história. Extraordinário é um dos meus queridinhos da vida e o que eu sempre recomendo. E, por fim, Os 13 Porquês eu confesso que nem lembro de ter lido, mas sei que li. A série acabou me fazendo voltar a história e, puta merda, QUE HISTÓRIA! Por mais que eu não lembre da época que li o livro, sei que ele é muito bom também.


Bye
séries

Fiquei, mais uma vez, órfã de série

Como o mundo espera que eu viva depois de Skam ter acabado?

Essa série foi uma das poucas que eu realmente acho que devia ter umas 10 temporadas ou mais, porém teve apenas 4. 😢 Mas, pelo menos, foram 4 temporadas incríveis, cheia de ensinamentos, quotes lacradores e cenas que dão quentinho no coração. Até hoje eu fico feliz ao lembrar do dia tedioso que eu tava tendo e, por isso, resolvi escolher aleatoriamente uma série pra assistir. Quais as chances de aquele dia ter sido o responsável por eu achar a minha série preferida da vida? Pois é!

Pelo o que eu entendi, o plano era ter mais temporadas mas a diretora decidiu concluir a série antes do tempo porque estava cansada e com medo de baixar a qualidade por isso. Achei justo. Antes acabar no ápice do que ficar se enrolando até ninguém aguentar mais, né? Porém, há boatos de que um dia Skam possa voltar, e que também vai ter uma versão norte-americana. Se pelo menos um desses dois boatos for verdadeiro (sério, qualquer um) eu vou ser a pessoinha mais feliz do mundo.

Por fim, deixa eu compartilhar o melhor discurso de encerramento da história:


assista aqui

Bye
Devaneios

As pessoas são tóxicas ou só estão tristes?

(Mas só das pessoas tóxicas MESMO)

Eu estou constantemente fugindo de pessoas que considero tóxicas. Depois que acabei uma das amizades mais tóxicas que já tive, jurei que nunca mais iria passar por isso. Porém, ando vendo que muita gente anda rotulando as pessoas assim apenas porque elas não são extremamente felizes e reclamam da vida constantemente.

Migos, pessoas tóxicas são aquelas que te colocam pra baixo por puro prazer de ficarem acima de vocês, não aquelas que te colocam pra baixo porque estão tristes e, por estarem assim, acabam compartilhando essa bad vibe. Elas não têm culpa disso, e se você não consegue reconhecer isso, você que é tóxico.

Eu não quero só pessoas felizes do meu lado porque elas precisam ser felizes para estarem comigo, quero sinceridade no sentimento, e se não tiver, com certeza quero fazer de tudo para ajudar a ter. Acho que é isso que dá o contraste entre pessoas tóxicas e, bom, pessoas. Sejam essas pessoas para outras pessoas, pelo amor da deusa!

Bye
Utilidade Pública

O melhor remédio para cólica

Depois que decidi parar de tomar anticoncepcional a cólica voltou com tudo e, pra ajudar a passar um pouco a dor, era o de sempre: banho e bolsa de água bem quentinhos e, caso tivesse bem ruim mesmo, remédio. Tudo isso sempre funcionou, umas vezes mais que outras, mas sempre ajudava. Só que acabei descobrindo o melhor remédio para diminuir a dor e ainda fazer o humor melhorar: o O'Malley, meu gato. 

Ele é super quentinho e adora carinho nas patinhas, então, enquanto ele fica deitadinho em cima da minha barriga me ajudando a acabar com a dor, eu vou retribuindo com os carinhos que ele gosta. Sinto um quentinho no coração nos dias de cólica porque sei que é nesses momentos em que eu e o O'Malley mais passamos tempo juntos, porque ele não é tão sociável assim, viu? Juro que parece que ele sente quando estou com dor e já vem sozinho deitar em cima de mim. Por causa dele os meus piores dias do mês se tornaram dias felizinhos, até.

Gatos são amor
(e o meu também é modelo, olha só)


Bye